Litoral Alentejano e Costa Vicentina em autocaravana

costa vicentina portugal

Roteiro de 4 dias pelo Litoral Alentejano e Costa Vicentina em autocaravana

Uma das joias naturais mais bem guardadas de Portugal, no litoral Alentejano e Costa Vicentina encontrará algumas das paisagens mais bonitas que o país tem para oferecer, numa das regiões portuguesas que parece ter sido desenhada para percorrer de autocaravana. Aceda a Yescapa, reserve uma autocaravana ou campervan (pode reservar desde qualquer parte de Portugal) e vá conhecer o litoral Atlântico sul de Portugal. Percorra em autocaravana estradas que o levam através de um incrível parque natural de praias imaculadas e uma beleza quase virgem. Deixe-se deslumbrar por uma região com um caráter ímpar e repleto de paisagens de cortar a respiração. Aqui encontrará dezenas de praias, desde as mais selvagens às mais urbanas, bem como ondas muito convidativas para a prática de surf e outros desportos náuticos. Mas poderá também dedicar-se à observação de aves (como a águia-pescadora ou a cegonha-branca), conhecer estradas magníficas, encontrar falésias íngremes, areais de perder de vista ou percorrer trilhos que guardam surpresas a cada esquina. Autocaravana ou campervan reservada e malas feitas. Vamos fazer-nos à estrada? 

Dia 1 De Sines até Cabo Sardão (passando por Porto Covo):

De Lisboa até Sines são pouco mais de 150 km. Desde Sines, sugerimos que percorra a estrada litoral até Porto Covo (EM554) e comece a entrar na paisagem repleta de falésias íngremes, daqueles que impõem respeito, com o vasto oceano a pairar na sua base. Aqui, como não poderia deixar de ser, existem diversas praias, como a praia de Samoqueira, conhecida pela sua pequena enseada. Ao chegar a Porto Covo, estacione a autocaravana e aproveite para conhecer esta pequena vila de casas brancas e, desde o largo da vila, aviste a Ilha do Pessegueiro, onde ainda é possível ver os vestígios da ocupação romana e as ruínas de um castelo secular que outrora defendia  esta zona costeira. Durante a época de verão, de 15 de junho a 15 de setembro, há visitas guiadas à ilha que partem do portinho de Porto Covo, o que poderá ser uma sugestão a ter em conta. 

Recomendamos depois que conduza a autocaravana pela estrada até Vila Nova de Milfontes, cujas praias se situam na foz do Rio Mira e onde se destaca a Praia das Furnas, uma das galardoadas nas 7 Maravilhas de Portugal. Ao terminar o dia sugerimos o Cabo Sardão, um farol construído sobre as arribas onde as cegonhas nidificam perto do mar, um cenário extremamente raro. 

Distância (Sines a Cabo Sardão): 52 km

Pernoitar em Autocaravana: Parque de Campismo de São Miguel (S.Teotónio) 

Dia 2 – De Almograve, pela Zambujeira do Mar, até Aljezur

Para os amantes de trilhos existe uma rota pedestre chamada Rota Vicentina, que é constituída por dois percursos principais, o Caminho Histórico (230 km), pelo interior rural, e o Trilho dos Pescadores (125 km), pela costa litoral. Ainda assim, existem percursos circulares mais curtos que podem ser feitos em cerca de 4h. Um deles passa pela praia de Almograve é um dos que aconselhamos. De volta à autocaravana, pode depois seguir para a Zambujeira do Mar, cuja praia principal é também uma das praias vencedoras das 7 Maravilhas de Portugal (praias urbanas).

Existem nas redondezas outras praias de destaque: praia de Odeceixe, praia da Amália, ou praia da Amoreira. A terminar o dia: Aljezur, uma pequena vila com casas de arquitetura típica, onde na colina se pode visitar as muralhas do castelo, um dos marcos da vila cuja visita é ‘obrigatória’. 

Distância (S. Teotónio a Aljezur): 27 km

Pernoitar em Autocaravana: Camping Serrão (Aljezur)

Dia 3 – Da Arrifana à aldeia de Pedralva

Ao terceiro dia encontramos o habitat dos surfistas e dos amantes da natureza. Aqui, recomendamos três praias incontornáveis: praia da Arrifana, praia da Bordeira e praia do Amados. Ao chegar, abra as janelas da autocaravana e deixe entrar a brisa marítima. O cheiro a maresia e o ar fresco vão-lhe dar a certeza que está em plena Costa Vicentina

Para além das praias, e porque o Alentejo litoral tem sem dúvida outros ‘tesouros’, sugerimos a visita a duas aldeias típicas: Aldeia da Bordeira e Aldeia da Pedralva. A primeira encanta pelas ruas estreitas, pelas casas brancas marcadas pelo azul e amarelo e pela pitoresca Igreja da Nossa Senhora da Encarnação. A segunda, situada em Vila do Bispo, foi recentemente recuperada e convertida em turismo de aldeia. Aqui, caso deseje uma noite diferente, estacione a autocaravana porque é possível pernoitar numa das casas típicas que estão abertas ao turismo. A aldeia deslumbra pela sua simplicidade e autenticidade, mantida pelo projeto de recuperação. Toda a herança histórica foi fielmente respeitada e a visita a esta aldeia é uma autêntica viagem ao passado alentejano. A não perder. 

Distância (Arrifana – Vila de Bispo): 41 km

Pernoitar em Autocaravana: Área de serviço autocaravanas “Vento Norte” (Vila de Bispo)

Dia 4: Do Cabo de São Vicente (passando por Sagres) às Praias da Costa Sul do Algarve 

No último dia deste roteiro pela Costa Vicentina em autocaravana poderá seguir rumo a sul, explorando o Algarve mais autêntico. Chegando à zona mais oeste desta região, vemos o Cabo de São Vicente, que deu o nome à Costa Vicentina, como agora a conhecemos. Este foi outrora um local de peregrinação originalmente pagão (orientado para o culto relacionado com os deuses do sol) e que se tornou também um local de culto para os cristãos, após a transladação do corpo de S. Vicente. Aqui pode-se visitar um dos faróis mais potentes da Europa, assim como uma fortaleza que outrora defendia este ponto de Portugal de invasões vindas pelo mar (e que serviu de recolhimento ao Infante D. Henrique).

Seguimos para a Fortaleza de Sagres, outros dos pontos incontornáveis da mítica História de Portugal, de onde se iniciaram os descobrimentos e a aventura marítima. Um marco onde se respira história e onde, precipitando-se sobre o mar, o imaginário nos ajuda a perceber o desafio que outrora os marinheiros portugueses enfrentaram. Sagres, na sua vertente mais urbana, é uma antiga vila piscatória com uma bonita baía e um porto. Existem também algumas praias nas proximidades, conhecidas pelos amantes de vários desportos náuticos. Nesta zona do Algarve encontram-se praias que relembram o Algarve de outrora, sem a pressão turística e com vastos areais praticamente desertos.

Distância (Cabo de São Vicente até Sagres): 6 km

Pernoitar em Autocaravana: Parque de Campismo Orbitur Sagres

Alugue uma autocaravana ou campervan e parta à descoberta do Litoral Alentejano e Costa Vicentina. Ao fazer uma reserva com na Yescapa tem acesso à versão premium da aplicação Caramaps para saber os locais autorizados para a pernoita e aparcamento do seu veículo de lazer.

Maria L

Maria L

Country Manager Portugal

Apaixonada por viagens, por descobrir novos destinos e culturas, estou sempre pronta para novas aventuras!

Ver artigos semelhantes

Portugal-dos-Pequenitos
Cultura

Portugal dos Pequenitos em autocaravana

Este parque temático encantador é um mundo em miniatura que apresenta réplicas de edifícios e monumentos de Portugal e dos seus antigos territórios ultramarinos.

sintra em autocaravana
Cultura

Sintra em Autocaravana

Sintra é uma vila portuguesa que fica a 25km de Lisboa. Muitos que visitam Lisboa acabam por passar por Sintra e encantar-se pelos seus magníficos palácios. Na sua escapadela de autocaravana ou campervan não pode deixar de visitar Sintra, Património Mundial da UNESCO desde 1995. A serra enfeitada com magníficos palácios e até um castelo, faz-nos pensar que estamos num conto de fadas. A Natureza em total harmonia com todos os seus incríveis monumentos e a serra o miradouro perfeito sobre o mar. A Família Neves visitou Sintra em autocaravana e partilhou connosco sugestões de locais a não perder. Alugue uma autocaravana ou campervan na Yescapa e parta à aventura com família ou amigos.

aveiro em autocaravana
Viagens na cidade

Visita a Aveiro em Autocaravana

Quando se fala de Aveiro é quase incontornável relembrar que a cidade portuguesa é conhecida como a “Veneza de Portugal”. E se é certo que há pontos de convergência entre as duas cidades, há também muito a descobrir em Aveiro que não se encontra na cidade italiana. Aveiro tem imensas particularidades e não faltam motivos para a visitar, desde a sua ria com os moliceiros aos famosíssimos ovos moles, a especialidade gastronómica da região. Por outro lado, não faltam os famosos canais e as pontes que os atravessam, numa cidade que cresceu ao sabor da geografia que a rodeia.